10 alimentos proibidos para cães

(imagem: pexels)

Quem tem animal de estimação quer cuidar muito bem e a preocupação com a alimentação é fundamental para saúde de seu pet.

Vejamos os 10 alimentos proibidos para cães:

Chocolate: Muito tóxico para seu animalzinho, pois contém substâncias como a teobromina e cafeína, que podem causar problemas como vômitos, diarreia, batimentos cardíacos irregulares e até mesmo convulsões. Não existe dose mínima recomendada, chocolate não deve ser oferecido, apesar de muito atrativo para seu pet. Envenenamento por chocolate é uma das maiores causas de intoxicação.

Uvas e passas: Apesar de parecer saudável, a uva ou passas mesmo em pequenas quantidades, podem causar insuficiência renal aguda em cães, levando a sintomas como vômitos, letargia e perda de apetite. Não importando a cor da uva, ela não deve ser oferecida.

Cebola e alho: Muito usada como temperos, cebola e alho não são recomendados para cães. Ambos podem causar danos às células vermelhas do sangue dos cães, levando à anemia. Mesmo em pequenas quantidades, eles podem ser perigosos. Caso a dieta de seu cão seja natural, não coloque esses ingredientes por mais apetitosos que a comida aparenta a ser.

Abacate: Contém uma substância chamada persina, uma toxina fungicida que pode ser tóxica para cães e causar problemas digestivos e até problemas cardíacos em casos graves. Ademais, existem casos que houve o desenvolvimento de pancreatite em animais que ingeriram o abacate. Especialista recomendam não inserir na dieta canina.

Cafeína: Presente em alimentos como café, chá e alguns refrigerantes, a cafeína pode ser tóxica para cães, causando sintomas como vômitos, diarreia, tremores e até mesmo convulsões. Os compostos da cafeína são potencialmente perigosos atingindo o sistema nervoso do cachorro, urinário e cardíaco.

Álcool: O álcool é altamente tóxico para cães e pode causar intoxicação grave, resultando em problemas como vômitos, diarreia, dificuldade respiratória, coma e até mesmo morte. A ingestão prejudica a função renal, causando lesões no fígado, podendo causar a cirrose canina.

Massa fermentada: A ingestão de massa de pão crua ou fermentada pode ser perigosa para cães, pois pode expandir-se no estômago, causando distensão abdominal e dor. Além de que, no processo de fermentação pode ocorrer a liberação de etanol, altamente tóxico.

Adoçante artificial: Encontrado em muitos produtos sem açúcar, como gomas de mascar, doces e produtos de panificação. O consumo dos adoçantes artificiais podem causar uma rápida liberação de insulina nos cães, levando à hipoglicemia (baixo nível de açúcar no sangue), que pode ser fatal.

Produtos lácteos: Embora pequenas quantidades de queijo ou iogurte possam ser toleradas por alguns cães, muitos cães são intolerantes à lactose, o açúcar encontrado no leite, o que pode causar distúrbios gastrointestinais. Então não arrisque! E sempre esteja atento aos sinais de seu animal na ingestão desses alimentos.

Sementes de frutas: Sementes de frutas como maçãs, peras, pêssegos e cerejas contêm compostos que liberam cianeto quando mastigados, o que pode ser tóxico para cães. Além de que podem causar obstruções, engasgos e desconforto abdominal.

É muito comum os cachorros ficarem pedindo comida aos seus donos, sejam o que for, tudo atraem eles. Desse modo, precisamos estar vigilantes para o que é oferecido, muitas vezes ficamos até mesmo com dó de não ofertar ao animal tal alimento, com isso essa lista vai te ajudar a verificar quais alimentos são proibidos, contribuindo para uma vida longa e saudável de seu cachorro.

Caso seu cachorro tenha ingerido algum desses alimentos, não hesite em entrar em contato com seu veterinário.

 

Leia também: As raças de cães mais perigosas.

Post Comment