7 cortes indispensáveis no Churrasco

O churrasco é uma tradição culinária muito apreciada no Brasil. Trata-se de uma prática muito comum aos finais de semana, reunindo famílias e amigos, e cada estado tem suas peculiaridades.

Aqui estão alguns elementos-chave do churrasco típico brasileiro que não podem faltar:

1 – Picanha

   (crédito: Designed by Freepik)

A picanha é retirada da parte traseira do boi, mais especificamente da região do contrafilé, próxima à cauda. É um corte que ganhou notoriedade no Brasil, uma carne suculenta e marmorizada, o que contribui para seu sabor excepcional.

A picanha, tem pequenas quantidades de gordura entremeada na carne. Além de possuir uma marmorização equilibrada, o que a torna macia e saborosa após assada, e sua crosta de gordura da o toque extra de suculência e sabor.

O corte da Picanha é quase unânime entre os brasileiros, tem uma forma triangular com uma camada de gordura na parte superior, conhecida como “capa de gordura”. Essa capa ajuda a manter a  sua umidade.

A picanha é frequentemente preparada para churrasco de maneira simples. Geralmente, é temperada apenas com sal grosso antes de ser grelhada, e servida ao ponto ou malpassada, permitindo que a carne preserve sua suculência e sabor. O exterior é grelhado até obter uma crosta dourada e saborosa.

2- Linguiça

 (crédito: Designed by Freepik)   

A linguiça para churrasco é um item clássico e delicioso. Existem diversas variedades de linguiça para churrasco, e o tipo pode variar de acordo com a região e as preferências locais.

No Brasil, a linguiça toscana é uma escolha popular para churrascos, mas também há outras opções, de linguiças artesanais de frango, entre outras.

As linguiças para churrasco são ideais para grelhar ou assar na churrasqueira. O calor intenso carameliza a parte externa, criando uma crosta saborosa, enquanto o interior permanece suculento. Ela é muito usada no churrasco como aperitivo ou como parte principal da refeição. Muitas vezes, é espetada em espetos ou grelhada diretamente na grelha.

3 – Coração de galinha

 (imagem ilustrativa)

O coração de galinha divide muita opiniões uns amam e outros odeiam, porém, é uma opção popular em churrascos e festividades.

O coração é muitas vezes grelhado em espetos e servido como parte de um rodízio de carnes.

O consumo de coração de galinha não é tão comum em todas as culturas, mas, é apreciado como uma iguaria saborosa e nutritiva.

Virou item essencial de muitos churrasqueiros. Com isso fez valorizar muito o valor dessa iguaria.

4- Fraldinha

 (crédito: Designed by Freepik)

A fraldinha é um corte bovino muito apreciado no Brasil, essencialmente para churrascos.

É um corte retirado da parte inferior do boi, próximo à região da barriga, mais especificamente do diafragma. É uma carne fibrosa e marmorizada, muito conhecida por sua textura suculenta e sabor.

O corte da fraldinha é frequentemente utilizado em churrascos, onde é temperada com sal grosso e grelhada em espetos ou diretamente na grelha. Por ser uma carne fibrosa, muitas vezes cortada em fatias finas, facilitando a apreciação da textura e sabor da carne.

5- Costela

   (crédito: Designed by Freepik)

A costela é um destaque em churrascos, especialmente quando cozida na grelha ou churrasqueira. A técnica  mais comum de grelhar a costela é usando espetos ou grelhas apropriadas.

Esse corte é uma tradição em muitas culinárias, incluindo o churrasco brasileiro e especialmente o Gaúcho.

A costela é apreciada por sua combinação única de carne suculenta e sabor marcante, tornando-se um prato popular em muitas cozinhas ao redor do mundo.

O método de cozimento e os temperos utilizados influenciam grandemente na experiência gastronômica da costela.

6- Pão de alho

 (imagem ilustrativa)

O pão de alho é uma deliciosa iguaria popular em churrascos e festas, especialmente no Brasil. Ele consiste em pão recheado com uma mistura de alho, manteiga, ervas e, por vezes, queijo.

Na grande maioria dos churrascos, o pão de alho é servido de entrada ou entre intervalos de cozimento das carnes, por ser um alimento de rápido cozimento, contribuindo na espera de preparos dos outros alimentos.

Conheça um pouco da historia do churrasco.

7 – Queijo coalho

 (crédito: Designed by Freepik)

O queijo coalho é um tipo de queijo típico do Nordeste do Brasil, embora tenha se espalhado por outras regiões do país e ganhado notoriedade nos churrascos brasileiros.

O queijo coalho é conhecido por sua textura firme e elástica. Possui um sabor suave e ligeiramente salgado. Quando está na brasa, sua textura se transforma, ficando levemente crocante por fora e macio por dentro.

No churrasco, assim como o pão de alho ele serve com entrada ou intervalo entre as carnes.

O queijo coalho é cortado em cubos ou espetado em palitos e levado à grelha ou churrasqueira. O calor carameliza a superfície do queijo, contribuindo para que surja uma crosta dourada e um sabor delicioso.

 

Conheça também: 07 tipos de queijos mais usados.

Post Comment